Aberaldo

Não dá pra falar de Aberaldo sem antes falar da mística Ilha do Ferro. Um povoado às margens do Rio São Francisco, distante 18 km da sede do município de Pão de Açúcar. Assim como o Alto do Moura e Tracunhaém em Pernambuco ou o Vale do Jequitinhonha e Prados em Minas Gerais, a Ilha do Ferro em Alagoas é hoje considerado um dos mais importantes polos de produção de arte popular e artesanato do Brasil. A notoriedade deste povoado se deve, inicialmente, ao trabalho de um artista genial, Fernando Rodrigues dos Santos (1928-2009), o Fernando da Ilha do Ferro. Ainda hoje a obra de Seu Fernando serve de inspiração para muitos dos que vivem da arte na Ilha do Ferro, dentre eles o Aberaldo. Aberaldo Sandes Costa Lima nasceu em Pão de Açúcar em 1960. Filho de um fabricante de canoas, começou a trabalhar com a madeira desde muito cedo. Porém, não seguiu a carreira do pai; foi com a arte figurativa que Aberaldo mais tarde veio a se tornar um dos escultores populares mais prestigiados do Brasil. Suas peças são esculpidas em mulungu e outras madeiras de textura mole. Seu tema principal é a figura humana com corpo propositadamente deformado e uma expressividade no rosto, que acabou se tornando uma marca registrada de sua obra. O artista já participou de várias exposições pelo Brasil, dentre elas: Arte Popular: Coleção Tânia de Maia Pedrosa (Maceió, 2002); Arte Popular Alagoana (Maceió, 2003); Tesouros da Ilha do Ferro (Maceió, 2005), Arte Brasileira: além do sistema (São Paulo, 2010). “Eu sou feliz, porque sempre sobrevivi da arte. Tem gente que não acredita no que faz e isso deve ser muito triste”, pontua o mestre.

Aberaldo

Pague com
  • PagHiper
Selos
  • Site Seguro

Loja Oca - CPF: 044.323.564-30 © Todos os direitos reservados. 2021